Seja bem vindo ao nosso Blog!

3 erros que você não pode cometer na carreira de ASB

Uma vaga, muitos candidatos. A crise econômica vem deixando muitos profissionais sem opções no mercado de trabalho. Todos os meses notícias enumeram índices cada vez maiores de desemprego. Há vagas? Então há muitos profissionais atrás dela.

Com este cenário econômico, graduação não é sinônimo de empregabilidade. Quem já conta com uma vaga no mercado de trabalho torce para mantê-la. Não é?  E para manter o tão concorrido emprego os profissionais devem se manter atentos.

Se você atua como Auxiliar de Saúde Bucal (ASB), vamos dar algumas dicas de como se manter no mercado de trabalho. E dicas bem simples. Não podemos cometer erros em nossas carreiras. Ou então, devemos nos esforçar para não cometê-los. Este é o principal que devemos fazer para continuar no trabalho. Então vamos lá, aos erros que você não pode cometer na carreira de ASB:

Trabalhar sem regularização na carreira de ASB

Desde 2009, a lei 11.889 regularizou tanto a carreira de ASB como a de Técnico de Saúde Bucal (TSB). Por isso, se você ainda está atuando sem a devida regularização não perca tempo.

Para ficar em dia com a legislação é simples. Basta procurar por um Curso ASB, finalizá-lo e aguardar a tão esperada carteira profissional expedida pelo Conselho Regional de Odontologia (CRO) e certificada pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO).

Hoje em dia, não há mais desculpas para não se regularizar e seguir na carreira de ASB. Há cursos que podem ser realizados totalmente online. Mais acessíveis e feitos em menor tempo. Em seis meses você pode contar com a sua certificação e ser reconhecido como um verdadeiro profissional pela Associação Brasileira de Odontologia (ABO).

Atuar como secretário do dentista

Muitos profissionais que pretendem seguir a carreira de ASB são contratados como secretários em clínicas ou consultórios odontológicos. O contrato como secretário prevê salários menores que o de um ASB. Geralmente aqueles que ainda não contam com o registro profissional é que são contratados para atuar também para o serviço de secretariado. Valorize-se!

O salário dos profissionais que seguem carreira de ASB pode variar de R$ 1.500,00 a R$ 2.500,00. Procure pela certificação para depois seguir carreira de ASB e poder solicitar salários melhores, condizentes com a sua formação.

Prestar consulta sem a supervisão de um dentista ou TSB

Não é permitido ao ASB prestar serviço na atividade odontológica sem que haja a supervisão de um cirurgião-dentista ou de um Técnico em Saúde Bucal (TSB). A lei federal 11.889/08 veda o serviço do ASB de forma autônoma.  O profissional também não pode realizar a divulgação de seus serviços com fins profissionais.

Além disso, procedimentos não discriminados na legislação não podem ser realizados na carreira de ASB. A ele competem as atividades de higiene bucal, preparo de pacientes e de materiais a serem utilizados, selecionar e preparar moldes, além de registrar dados do paciente.

Antes da promulgação da lei 11.889/08, o ASB ainda não contava com a sua atividade regulamentada. Depois que essa nova lei passou a vigorar, os profissionais passaram a ter que cumprir com alguns deveres. Mas além destes deveres, os profissionais passaram a ter direitos ao escolher pela carreira de ASB, o que melhorou as condições neste mercado de trabalho.

Dúvidas? Deixe o seu comentário e confira mais dicas sobre a profissão ASB no nosso blog!

MAIS DE 15.000 PESSOAS JÁ RECEBEM NOSSOS E-MAILS! RECEBA TAMBÉM.​